Requisitos mais rígidos para os empregadores canadenses

Requisitos mais rígidos para os empregadores canadenses

O Ministério do Trabalho canadense alterou a Lei de Imigração de Ontário para tornar mais difícil para os caminhoneiros mudarem-se para o Canadá. A emenda entrou em vigor em 1º de fevereiro de 2022.

No Canadá, as autoridades provinciais emitem certificados de segurança para os transportadores rodoviários, avaliando-os de acordo com uma norma nacional aceita. Agora, os caminhoneiros que pretendem vir ao Canadá sob o programa Operações em demanda têm que procurar empregadores dispostos a fornecer um certificado de transportador comercial válido e seu próprio documento CSR (Carrier Safety Rating) juntamente com uma oferta de trabalho. Para ser considerado para a posição de motorista de carga, o transportador deve ter uma classificação de segurança de pelo menos "satisfatória".

A classificação CSR é atribuída a qualquer caminhão canadense, com ou sem reboque, pesando 4.500 quilos ou mais, bem como ônibus comerciais de 10 assentos ou mais. A classificação é calculada com base no histórico de acidentes do transportador e nas inspeções da frota.

De acordo com o Ministério do Trabalho, a emenda aumentará a segurança rodoviária e protegerá os que buscam emprego. Além disso, as empresas estreitamente ligadas à economia Ontário terão uma vantagem sobre as transportadoras de outras províncias. O certificado do Sistema de Registro de Operador de Veículos Comerciais (CVOR) é exigido somente para veículos com placas de Ontário.

Fonte
  • #Ontário
  • #empregos em Ontário
  • #empregos de caminhoneiro em Ontário
  • #Ontário
  • #Oferta de emprego
  • #oferta de emprego no Canadá