Canadá anuncia conversações com a Alemanha sobre Nord Stream 1

Canadá anuncia conversações com a Alemanha sobre Nord Stream 1

O fornecimento de gás para a Europa está diminuindo por causa dos equipamentos encalhados no Canadá.

Em 16 de junho, foi anunciado que estavam em andamento conversações para resolver a questão com a turbina Siemens usada para operar o gasoduto Nord Stream 1 da Rússia, que corre ao longo do fundo do Mar Báltico até a Alemanha.

As turbinas a gás da nova geração tiveram que passar por manutenção regular no Canadá, onde foram fabricadas para a empresa alemã em 2009. Um deles foi enviado a Montreal para uma revisão e não pôde retornar imediatamente, afetando negativamente o fornecimento de gás para a Europa.

A Siemens Energy disse que a capacidade do gasoduto Nord Stream 1 da Gazprom para fornecer gás à Europa é parcialmente limitada porque sanctions on Russia privam o fornecedor alemão de equipamentos da capacidade de devolver a turbina, que é reparada no Canadá.

Por sua vez, os representantes da Gazprom disseram em sua página oficial no Twitter, em 14 de junho, que a empresa alemã Siemens havia falhado em devolver o equipamento compressor a tempo após reparos, fazendo com que o volume de gás natural fornecido à Europa caísse em cerca de 40%.

Um porta-voz da Natural Resources Canada disse em uma declaração que o governo está discutindo ativamente com a Alemanha os problemas encontrados e o trabalho está sendo feito para identificar a melhor solução.

Fonte, Fonte, Fonte, Fonte
  • #Canadá
  • #governo canadense
  • #Alemanha
  • #Rússia
  • #fornecimento de gás
  • #Nord Stream
  • #Gazprom
  • #Siemens Energy
  • #sanções
  • #sanções anti-russas
  • #sanções canadenses contra a Rússia