O famoso retrato de Winston Churchill roubado em Ottawa

O famoso retrato de Winston Churchill roubado em Ottawa

Acontece que o intruso a havia substituído por uma cópia.

Um original de um dos retratos mais famosos de Winston Churchill, The Roaring Lion, foi descoberto desaparecido do lendário Chateau Laurier Hotel em Ottawa. Foi descoberto por acidente: na sexta-feira à noite, um funcionário do hotel notou que a moldura do retrato não havia sido pendurada corretamente e não combinava com as molduras dos outros cinco retratos de Yusuf Karsch.

Yusush Karsh foi um dos fotógrafos de retratos mais famosos do século 20. Ele tirou esta fotografia em 1941, quando Churchill, como Primeiro Ministro da Grã-Bretanha, estava em Ottawa para se dirigir ao Parlamento durante a Segunda Guerra Mundial.

O hotel entrou em contato com Jerry Fielder, diretor da propriedade Karsh, para verificar a autenticidade da fotografia; ela foi tirada de um negativo e assinada pelo autor. Quando Fielder pediu uma cópia da assinatura para ser enviada a ele, ele percebeu imediatamente que era falsa.

Representantes da Château Laurier emitiram uma declaração dizendo que a coleção do trabalho do fotógrafo é uma grande fonte de orgulho para o hotel e acrescentou:

"Estamos profundamente entristecidos com este ato descarado".

O que aconteceu com a imagem icônica original não está claro. Fielder diz que a viu pendurada no hotel pela última vez em julho de 2019, e que "era o artigo genuíno".

A polícia de Ottawa confirmou que está investigando o caso.

Fonte
  • #Notícias canadenses
  • #vida no Canadá
  • #crime no Canadá
  • #Winston Churchill
  • #herança canadense
  • #roubo no Canadá
  • #Ottawa
  • #roubo em hotéis de Ottawa
  • #polícia de Ottawa
  • #investigação de roubo canadense
  • #Chateau Laurier