Primeiro Ministro canadense faz declaração após a morte de Elizabeth II

Primeiro Ministro canadense faz declaração após a morte de Elizabeth II

Um período de luto de 10 dias foi declarado no Canadá.

O Primeiro Ministro canadense Justin Trudeau juntou-se aos líderes mundiais na quinta-feira para oferecer condolências à família real britânica pela morte da Rainha Isabel, cujo falecimento aos 96 anos marca o fim de uma era inteira.

Trudeau fez a declaração em Vancouver, onde ele realizou uma reunião de gabinete de três dias. O Canadá declarou 10 dias de luto e baixou a bandeira nos prédios do parlamento.

Em seu discurso, Trudeau falou do respeito mútuo e do profundo afeto entre a Rainha e os canadenses e expressou seus sentimentos:

"Ela era uma das minhas pessoas favoritas no mundo e sentirei muita falta dela".

Nos 70 anos de seu reinado, a Rainha visitou o Canadá mais vezes do que qualquer outro país: 23 vezes em excursões reais.

O Canadá deixou de ser uma colônia britânica em 1867 e se retirou do Império Britânico em 1982. Entretanto, ainda é membro da Comunidade do antigo Império, onde o monarca britânico é chefe de estado.

O príncipe Carlos torna-se automaticamente rei do Reino Unido e chefe dos outros 14 reinos, incluindo o Canadá. Ele já anunciou que irá governar sob o nome de Charles, o Terceiro.

A Rainha Elizabeth faleceu na quinta-feira, 8 de setembro, por volta do meio-dia. O anúncio foi publicado nos portões do castelo na Escócia, onde ela passou seus últimos dias.

Fonte
  • #Notícias do Canadá
  • #Rainha Elizabeth II
  • #morte de Elizabeth II
  • #Justin Trudeau
  • #luto no Canadá
  • #Governo do Canadá
  • #anúncios do Governo do Canadá
  • #Reino Unido