O Canadá pretende contribuir para a exploração espacial

O Canadá pretende contribuir para a exploração espacial

O país está se preparando para realizar uma importante missão da NASA.

Em 14 de novembro, o Ministro da Inovação, Ciência e Indústria canadense François-Philippe Champagne anunciou um contrato com a Canadensys Aerospace Corporation para produzir o primeiro rover lunar do Canadá. O acordo custou ao governo $43 milhões de CAD. Graças à cooperação entre a Agência Espacial Canadense e a NASA, o rover voará em 2026.

Esta será a primeira vez que uma nave espacial canadense pousará na Lua. O andarilho estará envolvido na busca de gelo no solo lunar. Esta é uma área chave para a futura exploração humana do espaço. O revólver canadense transportará seis cargas úteis — ferramentas que ajudarão em sua missão. Cinco deles serão canadenses e um americano.

"Desenvolver um veículo que possa suportar os rigores da lua é extremamente desafiador, mas hoje é a prova de que a indústria espacial canadense está conseguindo vencer o desafio e pronta para superar as expectativas", disse o Ministro Champagne. — Isto não teria sido possível sem a ambição, as habilidades e nossa talentosa força de trabalho do Canadá.

Em termos de condições, o rover poderá operar nas regiões polares da Lua, onde não há luz solar direta e onde as temperaturas caem para -200 °C. Canadensys trabalhará no veículo com numerosos parceiros: empresas industriais, universidades e organizações internacionais.

Fonte
  • #notícias do canadá
  • #exploração lunar
  • #exploração lunar do canadá
  • #indústria aeroespacial do canadá
  • #busca de gelo lunar
  • #aeroespacial do canadá
  • #conquistas espaciais do canadá
  • #o primeiro rover lunar do canadá