Anti-Rating das instituições de ensino superior canadenses 2021

Anti-Rating das instituições de ensino superior canadenses 2021

Mesmo em instituições de renome mundial, você pode encontrar muitas críticas negativas.

A revista canadense Maclean's vem compilando, nos últimos 30 anos, rankings anuais das principais universidades multidisciplinares do Canadá sobre vários parâmetros, incluindo a reputação da instituição. Os jornalistas do site financeiro MoneyWise decidiram descobrir o que essas universidades recebem em sites de perguntas e respostas, como Quora ou Reddit, e descobrir o que exatamente influencia sua reputação.

15. A Universidade de Waterloo, de acordo com o ranking Maclean's, teve a melhor reputação entre as universidades do Canadá em 2021. A universidade divide o segundo lugar com a Universidade de Victoria no ranking geral. Mas os estudantes não gostam do campus, da alimentação e do ambiente em geral, e muitos em seu terceiro ano ainda não encontram trabalho em sua área de estudo.

14. A Universidade Simon Fraser está em segundo lugar no ranking de reputação da Maclean's. Os estudantes reclamam da falta de bares e festas no campus e de serviços de aconselhamento psicológico.

13. A Universidade de Guelph foi classificada em primeiro lugar no índice de satisfação do estudante Maclean's. O principal inconveniente desta universidade é sua localização na pequena cidade de Guelph, no sul do Ontário.

12. A Victoria University fica no sul da Ilha de Vancouver, e a cidade de Victoria é ainda menor que Guelph. Os estudantes reclamam que os preços dos alimentos na Ilha de Vancouver são visivelmente mais altos do que no continente, enquanto que os serviços e a infra-estrutura não estão à altura do par.

11. A Ryerson University está localizada no centro de Toronto, e isso também incomoda muitos estudantes. Além do fato de que tudo em Toronto é muito caro, a Universidade Ryerson carece completamente da sensação de fraternidade estudantil, de estar em um espaço especial como nos campi, que são pequenas cidades por direito próprio.

10. Concordia University é uma das duas universidades de língua inglesa na cidade de Montreal, capital da província francófona de Quebec. Montreal foi recentemente classificada em quinto lugar na classificação global das melhores cidades a serem estudadas. As universidades de Montreal também têm inconvenientes: por exemplo, os estudantes não gostam dos banheiros locais. Além disso, Concordia tem muitos alunos que estudam muito e só entraram porque seus pais queriam que eles entrassem.

9. A York University está sediada em Toronto. 94% de seus formandos encontram trabalho dentro de dois anos após a formatura. Mas os estudantes reclamam que há greves constantes na universidade e na própria cidade de York, perturbando o curso normal da vida. Professores, assistentes pedagógicos e pessoal de restauração estão em greve.

8. Memorial University of Newfoundland é bom para tudo, menos para sua localização remota. É em uma pequena ilha, na cidade de St John's, onde vivem pouco mais de 100.000 pessoas, e alguns estudantes que vêm de áreas metropolitanas acham muito difícil.

7. Carleton University em Ottawa é classificada em quinto lugar na classificação geral pela Maclean's, mas apenas nona na dimensão de reputação. Diz-se que se trata de uma universidade para aqueles que não se qualificaram para outras instituições de maior prestígio.

6. Wilfrid Laurier University é apreciada pelos estudantes, mas suas taxas de aprovação são mais baixas do que a maioria das outras universidades e há menos programas. Os estudantes que estudam negócios e administração recebem muito mais atenção do que os estudantes de outras áreas, o que também não é o preferido de todos.

5. A Universidade de Quebec em Montréal só aceita estudantes de língua francesa e os requisitos de entrada são relativamente baixos. Tem muitos ramos com uma seleção muito pequena de campos de estudo. No ranking Maclean's, esta universidade ficou em último lugar em termos de bolsas de estudo e serviços estudantis.

4. A Universidade de New Brunswick também oferece uma pequena escolha de campos de estudo e pequenas bolsas de estudo. É mais difícil para os estudantes obter bolsas para projetos de pesquisa. Outra desvantagem significativa é que o conhecimento dado nesta universidade tem pouco a ver com o trabalho real na área, os estudantes reclamam do desperdício de tempo e dinheiro.

3. A Universidade Broca admite estudantes com notas obscenamente baixas na maioria dos cursos. A pontuação média de entrada, que é calculada com base nas notas do certificado escolar, é 70%, ou seja, 7 numa escala de 10 pontos e 3,5 numa escala de 5 pontos. É por isso que os canadenses não dão muito valor ao diploma desta universidade. Ela também investe menos dinheiro em pesquisa do que todas as outras universidades do ranking.

2. A Universidade de Regina, a capital da província de Saskatchewan, garante aos graduados que não encontraram emprego em sua área de estudo em seis meses, um ano livre de estudos adicionais. É muito fácil entrar na universidade — a nota mínima de aprovação para os candidatos é de 65%. Entretanto, os estudantes não estão felizes: não são contratados por causa da reputação da universidade, mesmo tendo sido votada uma das melhores no Canadá em 2019. E muitos professores, de acordo com os alunos, não compreendem as matérias que ensinam.

1. A Universidade de Windsor, que tem a pior reputação no ranking, também não é muito exigente: uma pontuação de 70-75% é suficiente para entrar. A cidade de Windsor fica na fronteira dos EUA e está conectada a Detroit por uma ponte e um túnel rodoviário sob o rio. Tanto Detroit quanto Windsor são regiões deprimidas com uma economia baseada unicamente na indústria automobilística. A porcentagem de emprego para graduados fora da região é muito baixa. Os estudantes não gostam do fato de que não há nada para fazer em Windsor. Eles também reclamam sobre a qualidade da educação.

Algumas das instituições listadas já atingiram os anti-rankings — Universidades Windsor e Carleton, Ryerson University e Memorial University of Newfoundland, por exemplo, estavam na dozen worst em 2020.

Se você precisar de ajuda para escolher uma escola no Canadá, inscreva-se para uma consulta. A imigração através da educação é uma das formas mais seguras de permanecer no país após a graduação, encontrar um bom emprego e se tornar um residente permanente.

Fonte
  • #As piores universidades canadenses
  • #as piores universidades canadenses
  • #universidades canadenses
  • #universidades canadenses
  • #educação no Canadá
  • #ensino superior no Canadá
  • #estudo no Canadá
  • #anti-nível das universidades canadenses