A magia dos lagos de Alberta

A magia dos lagos de Alberta

Seus olhos vão gostar!

O Canadá é conhecido por sua natureza deslumbrante e suas paisagens mágicas. As vistas de tirar o fôlego capturadas em fotografias e documentários levaram milhares de pessoas a considerar a mudança para uma terra distante, mas tão atraente.

Não menos importante são os famosos lagos do Canadá, dos quais existem cerca de 879.800, de acordo com a Universidade Mc Gill. O Canadá é chamado de a terra dos lagos por uma razão!

Alberta é sem dúvida o corpo de água fotogênico número um, "Instagramável" da província, e queremos lhe falar sobre os seis mais conhecidos e interessantes deles.

1. lago Waterton

Waterton é onde as pradarias rolantes de Alberta se encontram com as impressionantes Montanhas Rochosas. A paisagem está repleta de vida selvagem diversificada, dezenas de flores silvestres diferentes e algumas das melhores trilhas para caminhadas na América do Norte. O Parque Nacional Waterton Lakes é o destino favorito dos canadenses que procuram aventura, atividade ou relaxamento em qualquer época do ano.

A parte superior do lago principal fica no Parque Nacional dos Lagos Waterton e a parte inferior no Parque Nacional dos Glaciares.

Ela é única em sua diversidade, razão pela qual a UNESCO registrou a Reserva da Biosfera Waterton em 1979 para proteger ecossistemas incluindo pradarias, bosques de aspen, floresta subalpina, tundra alpina e os pântanos de água doce ao redor do lago.

Waterton-Glacier International Peace Park foi criado pelos EUA e Canadá em 1932 e foi designado Reserva Internacional da Biosfera em 1976. Mais tarde, em 1995, foi inscrita na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO.

2. Lago Luísa

Louise

O lago mais famoso e mais visitado do Canadá, famoso por sua cor brilhante. Ela foi formada quando uma represa de detritos glaciais provocou o escoamento da água de fusão glacial, criando um espetacular lago turquesa que é conhecido e amado em todo o mundo. O belo rio Bow flui para dentro dele e a maior parte da água vem do enorme Glaciar Victoria, nas montanhas acima do lago. As geleiras arranham os penhascos de calcário, liberando minerais que são levados para os lagos pelos rios. Conforme o fornecimento de água ao lago muda, a cor da água também muda: ela pode ser azul brilhante, mas também preto carvão.

O Lago Louise foi originalmente chamado de Ho-run-num-nay, que se traduz aproximadamente como 'Little Fish Lake'. Foi descoberta em 1882 durante a construção da ferrovia. O construtor Tom Wilson ouviu algum barulho à distância. Os índios locais lhe disseram que a White Mountain estava fazendo barulho sobre um lago com pequenos peixes. Wilson decidiu descobrir do que se tratava e estava certo — ele conseguiu uma das mais espetaculares vistas do mundo.

Mais tarde, em 1885, foi criado o primeiro Parque Nacional Banff e o lago foi incluído dentro de seus limites, popularmente conhecido como Esmeralda.

O lago rapidamente ganhou reputação como um destino turístico popular, levando à construção do Chateau Lake Louise, em 1886. A modesta cabine de dois dormitórios de madeira ofereceu aos aventureiros uma fuga do mundo industrial e um retorno à natureza.

O Château Lake Louise original ardeu em 1893, permitindo que os proprietários o expandissem e mudassem sua localização. A popularidade do castelo e do lago como destino turístico fez com que ele fosse renomeado de Esmeralda para Lago Louise em 1914, em homenagem à Princesa Louise, filha da Rainha Vitória e esposa do Governador Geral do Canadá.

É agora um destino de peregrinação para caminhantes e viajantes sofisticados, oferecendo caminhadas, passeios a cavalo, trenó puxado por cães, canoagem e pesca no gelo. Bem na margem do lago está o chique Hotel Fairmont Chateau, cinco estrelas Fairmont.

3.Pyramid Lake

Com uma área total de 1,2 quilômetros quadrados, ele se conecta ao rio Athabasca via Pyramid Creek, com 2 quilômetros de extensão. As águas do lago são algumas das mais calmas e quentes do Canadá, tornando-o ideal para caiaqueiros, remadores e barcos relaxados. O lugar também é incrivelmente popular entre os pescadores. Ela está situada aos pés da montanha do mesmo nome, o que se reflete claramente em seu brilho pacífico. Esculpida por glaciares, a Montanha Pirâmide é composta principalmente de quartzito e pirita de ferro (e é o ouro daquele tolo), o que dá à montanha seus fascinantes tons de vermelho e coral.

Uma das vantagens de Pyramid Lake é sua localização, a apenas 5 km da cidade na Pyramid Lake Road, em Jasper. Pode ser alcançado de carro, bicicleta ou apenas para uma caminhada: Pyramid Lake está bem conectado à cidade por várias ciclovias e pistas de corrida.

Os viajantes são altamente recomendados para visitar a ilha, que está conectada ao continente por uma ponte fotogênica, casais apaixonados alugam gazebos para casamentos e há também um abrigo de madeira na ilha, construído em 1933 durante a Grande Depressão e reconhecido como patrimônio federal.

4.Lake Peyto

Peyto

No final de 2021, as mais belas maravilhas naturais do mundo foram classificadas, e o Lago Peyto ficou em primeiro lugar. Está localizado no Parque Nacional Banff, a uma altitude de 1.860 metros. Foi dado o nome do explorador e viajante Bill Peyto, que foi o primeiro a descobrir esta maravilha natural. O lago deve sua popularidade à sua estranha forma (assemelha-se à cabeça de um enorme lobo), bem como à cor incomum do oceano tropical. A razão é que as geleiras que alimentam Peyto carregam farinha glacial de montanha, que transforma a água em uma turquesa espessa, como se diluída com leite.

Se você quiser admirar a bela vista do lago, experimente a caminhada de 2,4 quilômetros. É uma caminhada fácil que lhe dará uma visão que você nunca esquecerá.

5. Pequeno Lago de Escravos

Little Slave Lake fica a três horas de carro de Edmonton e é ótimo para uma escapada de fim de semana. Um ponto popular no lago é o Parque Provincial do Rio Marten. Aqui os viajantes encontrarão água clara e fresca e uma das melhores praias do norte de Alberta. Os pescadores conhecem bem a área; lúcio, arrobot, peixe branco e lúcio do norte são todos encontrados aqui.

Há trilhas para caminhadas pela floresta de coníferas perto do lago.

O ponto alto da visita a Little Slave Lake é o Centro de Conservação de Aves Boreal. Esta instalação de 500 metros quadrados é dedicada ao estudo das aves que chamam as florestas boreais de seu lar. Dentro de você encontrará exposições fascinantes que dão uma visão do ambiente do Canadá

6. Lago Moraine, no Vale dos Dez Picos

Moraine

Este é um lago alimentado por geleiras no Parque Nacional Banff, a 14 quilômetros do vilarejo do Lago Louise. Está localizado no Vale dos Dez Picos (aqui estão eles, as montanhas mais Instagramáveis do Canadá!) a uma altitude de cerca de 1.884 metros. O lago tem uma superfície de 50 hectares.

Como Louise, é famosa por sua deslumbrante cor turquesa, que vem da refração da luz dos minerais que atingem o fundo.

Walter Wilcox era um estudante do Yale College cuja paixão era a beleza selvagem das Montanhas Rochosas quando foi contratado pelo explorador Tom Wilson para ajudar a mapear a área ao redor do Lago Louise. Wilcox partiu em agosto de 1899 para encontrar uma nova rota até o Monte Templo. Durante dois dias ele suportou chuva e neve, mas no terceiro dia os céus limparam. Encorajado pelo sol, Wilcox subiu o vale até o topo de uma pilha de rochas. Lá ele descobriu uma bela visão — um vale estreito e isolado com um pequeno lago cercado de rochas selvagens. Wilcox o chamou de Lago Moraine, depois da morena ou pilha de rochas depositadas pelo glaciar Wenchemna.

Ele escreveria mais tarde que "nenhuma cena produziu a mesma impressão de solidão inspiradora e grandiosidade", acrescentando que o tempo gasto contemplando esta visão foi a meia hora mais feliz de sua vida.

Agora é o destino favorito dos caminhantes: há várias trilhas ao redor, e a mais popular é Rockpile. Tem cerca de 300 metros de comprimento e uma queda de 24 metros. O topo do penhasco oferece uma das vistas mais fotografadas do Canadá, conhecida como "Twenty Dollar View": Moraine Lake foi apresentada na parte de trás da nota canadense de $20.

No início de 2022, as proximidades do lago foram votadas como o melhor lugar do país para assistir ao nascer do sol e é agora, de acordo com os usuários da mídia social, um dos lugares mais difíceis do Canadá para estacionar. Multidões de amantes da natureza e belas vistas ocupam o estacionamento inteiro em apenas algumas centenas de vagas. A incrível demanda está forçando as pessoas a chegar cada vez mais cedo — e agora há contratempos onde todo o estacionamento é ocupado horas antes do nascer do sol.

O Canadá tem quase um milhão de lagos e incontáveis outras maravilhas! Os amantes da natureza podem certamente planejar duas semanas de férias ocupadas e tentar cumpri-las à medida que se deslocam de um lugar para outro, mas não seria melhor viajar pelo país como um residente? Nosso consultor de imigração licenciado pode ajudá-lo com esta idéia. Faça um compromisso on-line e dê o primeiro passo em direção ao seu sonho.

Fonte, Fonte, Fonte, Fonte, Fonte, Fonte
  • #país dos lagos
  • #lagos Canadá
  • #natureza Canadá
  • #beleza do Canadá
  • #Alberta
  • #Alberta Lakes
  • #parques nacionais Canadá
  • #Banff Canadá
  • #Lago Louise
  • #Lago Moraine
  • #lagos mais bonitos do mundo
  • #cadeias de montanhas Canadá