7 características do ensino superior canadense

7 características do ensino superior canadense

Você deve estar ciente disso se for estudar no Canadá.

Uma educação canadense é valorizada em todo o mundo, e também lhe dá pontos extras quando você solicita a imigração e a chance de obter uma licença de trabalho após a sua graduação. No início de 2020, havia mais de 500.000 estudantes internacionais estudando no Canadá. Isto classifica o Canadá em terceiro lugar no mundo.

Se você for estudar no Canadá, você deve estar preparado para um sistema educacional muito diferente e terá que se acostumar a ele. Leia este artigo para descobrir como o ensino superior canadense difere do ensino em outros países.

Permissão para estudar

A primeira é uma licença de estudo. Se você vem ao Canadá para estudar em uma faculdade ou universidade por mais de 6 meses, você precisa de uma permissão de estudo. Para solicitar on-line ou no centro de vistos de seu país, você precisará de seu passaporte, uma fotografia e uma carta de aceitação para a instituição. Em outras palavras, primeiro você é admitido na universidade e só depois recebe seu visto.

Você também deve mostrar que tem dinheiro suficiente para viver no Canadá. Extratos bancários, documentos de empréstimos estudantis, cartas de patrocinadores e afins também podem ser suficientes. Você precisará de $10.000 CAD por um ano de vida no Canadá. Mais dinheiro extra se sua família for com você. E isso sem contar as mensalidades, que você conhecerá mais tarde.

Exames

As universidades canadenses normalmente não têm exames de admissão. Mas você terá que fazer um teste de língua inglesa, o IELTS (IELTS acadêmico). Não confundir com o IELTS geral, que deve ser tomado para a imigração. O quanto você precisa pontuar depende da instituição na qual você planeja aplicar, geralmente uma pontuação de 6. Em cada país, há cursos de inglês que oferecem aulas de preparação para o IELTS. Além disso, algumas faculdades no Canadá oferecem programas de idiomas que permitem que você entre em uma universidade canadense sem ter que fazer o teste de idioma. Há também escolas de idiomas independentes.

Nós, por exemplo, somos agentes da ILAC, a maior escola de idiomas do Canadá, que foi eleita a melhor em Toronto no ano passado. Você pode aprender inglês lá tanto presencialmente, em Toronto e Vancouver, como também on-line. Nossa equipe de projeto também estudou lá, para que possamos, em boa consciência, recomendá-lo. A ILAC permite que você entre em muitas escolas no Canadá sem fazer um teste de idioma.

Nosso site tem much material sobre estudos na ILAC e também em sua faculdade parceira, a Georgiana.

Documentos de graduação

A próxima diferença nas universidades canadenses são as credenciais para a graduação. No Canadá, você pode obter um certificado, diploma ou grau. Começamos com a escola, na qual você estuda por 12 anos. Depois disso, há mais três níveis de educação no ensino superior, tanto nas faculdades como nas universidades.

A educação pós-secundária dura de 1 a 4 anos. Após 1 ano, os graduados recebem um certificado, após 2-3 anos geralmente recebem um diploma, e após 3-4 anos recebem um diploma de bacharelado. A próxima etapa é o ensino superior, que é um mestrado. Para consegui-lo, é preciso estudar mais 1 a 3 anos em uma universidade. E, finalmente, a pós-graduação é um doutorado que é obtido após o mestrado. Isso significa que você pode estudar até mesmo um programa de um ano e obter um certificado educacional canadense que é reconhecido em todo o mundo.

As faculdades canadenses tendem a ser orientadas para a carreira. Os programas de certificados tendem a ser focados na carreira, enquanto os programas de diplomas preparam os estudantes para carreiras em uma área ou grupo de profissões específicas. As universidades oferecem programas acadêmicos e vocacionais.

O programa a ser escolhido depende da profissão. Em algum lugar é necessário ter um mestrado, e em algum lugar é suficiente para estudar por 1 ano na faculdade. É o mesmo, aliás, com a imigração. Alguns programas exigem um mestrado, outros requerem a conclusão de um programa de um ano. E, em alguns lugares, a educação escolar é suficiente.

Seleção de itens

Passemos à próxima distinção. Quando você estava estudando em seu país de origem, você provavelmente se perguntava por que tinha tantas matérias extras. Por exemplo, você é um programador, mas por alguma razão você tem que assistir a uma palestra de filosofia uma vez por semana. No Canadá, este não é o caso, porque os estudantes escolhem o que estudar. Há disciplinas obrigatórias e há muitas disciplinas opcionais que você pode ou não tomar.

Créditos acadêmicos

O próximo e provavelmente o mais difícil de entender é o sistema de crédito acadêmico. Grosso modo, é o número de horas que você passou estudando. No decorrer de seus estudos, os créditos se acumulam. Na educação em tempo integral, um semestre padrão consiste em 15 créditos acadêmicos, ou seja, contando todos os cursos. Se um estudante freqüenta um curso durante 3 horas por semana durante um semestre, ele geralmente recebe 6 créditos por esse curso. Para receber um certificado, diploma ou diploma no final de seus estudos, você precisa ganhar um certo número desses créditos durante seus estudos:

  • 30 créditos para um certificado ou diploma;
  • 90 a 120 créditos para um diploma de bacharelado;
  • 45 — para um mestrado;
  • 90 — para um grau de doutorado.

Custos de treinamento

Seguindo em frente. Agora vem a parte triste. Estudar no Canadá é caro. Foi dito anteriormente que você precisa mostrar $10.000 CAD em uma conta, mas você precisará de mais para viver: $15.000-20.000 CAD. Acrescente a isso o custo da mensalidade. Depende da instituição e da província, mas em média é de US$ 15.000-20.000 CAD. Os mais caros são os programas de MBA universitários. MBA significa Master of Business Administration ou Business Management. Os graduados desses programas podem ocupar cargos de gerenciamento de nível médio a superior. Os preços para estes graus podem variar entre CAD $25.000, $40.000 e até mesmo $60.000 por ano.

A boa notícia é que você pode trabalhar até 20 horas por semana durante o ano letivo e até 40 horas por semana durante os feriados. A tarifa horária mínima no Canadá varia de cerca de $12 a $16 CAD, dependendo da província, portanto, pelo menos parte de sua educação será paga por si mesma. Por exemplo, mesmo que você trabalhe 20 horas por semana por $12 por hora, você receberá mais de $8.500 CAD em 9 meses. E se você trabalhar em tempo integral no verão, receberá mais de $14.500 CAD em um ano. No mínimo, você terá dinheiro suficiente para as despesas de subsistência. Se você estudar em Ontário, você ganhará mais — a partir de US$ 15 por hora.

A segunda boa notícia é que você pode primeiro estudar no Canadá para um programa de um ano, depois obter uma residência permanente através de um dos cursos de pós-graduação, e depois continuar seus estudos. Você já será um residente, portanto, as mensalidades serão duas a três vezes mais baixas.

Se você quiser economizar mais, contacte nossa empresa para encontrar uma universidade e um programa de estudos. Através de nossos parceiros você pode obter 12 semanas gratuitas de inglês e nenhum IELTS na admissão, e as faculdades muitas vezes oferecem descontos e bolsas de estudo.

  • #estudar no Canadá
  • #imigração para o Canadá
  • #emigração para o Canadá
  • #educação no Canadá
  • #estudar no Canadá
  • #ensino superior no Canadá
  • #permissão de estudo no Canadá
  • #visto para o Canadá
  • #visto de estudante para o Canadá
  • #taxas escolares no Canadá
  • #admissão universitária no Canadá
  • #admissão universitária no Canadá
  • #imigração para o Canadá através da educação
  • #escola ILAC
  • #teste de idioma para estudar no Canadá
  • #créditos acadêmicos no Canadá
  • #PGWP no Canadá